(34) 3239-7277

CONSELHO CURADOR

O Conselho Curador é órgão de deliberação colegiada, composto por onze integrantes, sendo três representantes da Assembleia Geral da FUNDAP, três Diretores de Unidade Acadêmica da UFU, sendo pelo menos um de Unidades Acadêmicas Relacionadas às ciências agrárias e ambientais, quatro representantes do Conselho Universitário da UFU, um representante do Reitor da UFU e um membro representante de entidades científicas, empresariais ou profissionais sem vínculo com a Universidade Federal de Uberlândia.

Membros do Conselho Curador

Titular

Muricio Martins

Suplente

José Flores Fernandes Filho

Titular

Carina Ubirajara de Faria

Suplente

Regina Quintão Lana

Titular

Marco Aurélio Martins Rodrigues

Suplente

Antônio Vicente Mundim

Titular

José Antônio Galo

Suplente

Benjamim de Melo

Titular

Adriano Pirtouscheg

Suplente

Luis Antônio Benedetti

Titular

Beno Wendling

Suplente

Tomé Mauro Schimidt

Titular

Roberto Bernardino Júnior

Suplente

Cleber Del Claro

Titular

Berildo de Melo

Suplente

Nilvanira Donizete Tebaldi

Titular

Dagmar José dos Santos

Suplente

Amado da Silva Nunes Júnior

Titular

Nilson Gamba Júnior

Titular

José Carlos Soares

Suplente

José Maria Teixeira Pego

Titular

Ademar Franco Guimarães

Compete ao Conselho Curador:

I - deliberar sobre a orientação geral dos assuntos da Fundação;

II – aprovar a estrutura organizacional da Fundação;

III - aprovar o plano de trabalho e o orçamento propostos pela Diretoria Executiva, para cada exercício;

IV – exercer o controle interno do funcionamento da Fundação, podendo, para isso, proceder ao exame de livros, papéis, escrituração contábil e administrativa, estado do caixa e valores em depósito e as demais providências julgadas necessárias e indispensáveis ao bom e regular exercício desta atribuição;

V - aprovar o relatório e as contas da Diretoria Executiva;

VI – decidir, mediante aprovação de dois terços de seus integrantes, sobre a alienação,

sub-rogação ou aquisição de bens imóveis, a aceitação de doação de bens imóveis com

encargos, a constituição de ônus reais sobre imóveis, atendidas as finalidades da Fundação;

VII - elaborar e aprovar o Regimento Interno da FUNDAP;

VIII - aprovar a modificação, total ou parcial, deste Estatuto, mediante proposta fundamentada de qualquer dos membros integrantes dos órgãos da Administração Superior da Fundação, observado o que estabelece o art. 47 do Estatuto;

IX - deliberar sobre a extinção da FUNDAP, nos termos do art. 48 do Estatuto;

X – apresentar à Assembleia Geral parecer sobre as atividades econômico-financeiras da

Fundação, no exercício em exame, tomando por base o inventário, o balanço e as contas da

Diretoria Executiva;

XI – Convocar a Assembleia Geral, nos termos da art.18 do Estatuto;

XII – aprovar a participação da Fundação no capital de empresas, cooperativas, condomínios, sociedades, associações ou outras formas de associativismo, bem como organizar empresas cuja atividade atenda as finalidades da Fundação.

XIII – aprovar o quadro de pessoal e suas alterações, fixar diretrizes de salários, vantagens e outras compensações remuneratórias para os seus empregados; e estabelecer o regime disciplinar;

XIV – deliberar sobre qualquer assunto de interesse da Fundação, que lhe for submetido pelo Diretor Executivo ou por qualquer de seus Conselheiros;

XV – autorizar, por solicitação do Diretor Executivo, eventuais alterações no plano de

trabalho ou no orçamento anual;

XVI – editar normas destinadas a regulamentar a movimentação de dinheiro e valores;

XVII – deliberar sobre os demais assuntos para os quais for convocado e resolver os

casos omissos neste Estatuto e no Regimento Interno.